Volvo XC40 elétrico: SUV tecnológico com desempenho de carro esportivo

Volvo XC40 elétrico: SUV tecnológico com desempenho de carro esportivo

Avaliações 24/09/2021

Por Matheus Albino

Se depender da Volvo os carros a combustão estão com os dias contados. A marca lançou no Brasil seu primeiro modelo cem por cento elétrico, o SUV XC40.

Carro Arretado foi até Porto Alegre-RS para fazer um test-drive de mais de 200 km no utilitário esportivo de luxo.

Assim como outros carros movidos a energia, o silêncio do motor chama atenção. No XC40 são dois propulsores elétricos com potência total de 408 cavalos.

Leia mais: Volvo XC90 2022 ganha purificador de ar mas muda pouco no visual

Pra quem gosta de pisar no acelerador, o XC40 não faz feio. Mesmo com mais de 2 toneladas de peso, ele tem força de sobra e muita disposição, vai de 0 a 100 km/h em apenas 4,9 segundos.

Como a Volvo não abre mão da segurança, a velocidade máxima é limitada eletronicamente a 180 km/h. Além de controlar a velocidade, conta com sistema que acelera, freia e conduz o carro sozinho; alertas de ponto cego e permanência em faixa, além de detector de pedestres e ciclistas.

Um trecho do nosso test-drive foi na rodovia Free Way, onde pudemos acelerar mais o XC40 e conferir a capacidade de carga das baterias.

TECNOLOGIA

O XC40 é bem equipado em tecnologia, conta com sistemas que de início você pode até não se importar muito, mas que serão decisivos na hora de escolher o carro elétrico da Volvo.

Um deles diz respeito as pastilhas de freio, elas tem uma vida útil maior em comparação a modelos a combustão. O motivo é que nem sempre são exigidas a cada vez que o motorista aciona o pedal de freio.

De acordo com a Volvo o motor elétrico também auxilia nas frenagens, deixando as pastilhas trabalharem apenas em situações onde o freio é acionado com mais força.

Isso aumenta a vida útil das pastilhas que, segundo a marca, tem prazo de troca acima dos 100 mil km rodados.

Além disso, a primeira revisão é feita após um ano de uso e um único item é trocado, o filtro de ar.

Por dentro

Podemos dizer que o XC40 é um avanço na tecnologia do ambiente interno. O carro já dispensa itens que sequer chegaram a outros modelos, como partida do motor por botão.

Basta colocar o câmbio no modo D que o motor é acionado. O sistema de mídia agora oferece Google Assistente, na prática ele dispensa o espelhamento com celulares para ter acesso ao mapa de navegação e outros app de interesse.

Para os demais ocupantes o nível de conforto também é muito bom. O banco do passageiro conta com regulagem elétrica e quem vai na segunda fileira contempla o teto solar panorâmico e ainda tem saídas de ar-condicionado e tomadas USB.

O porta-malas pode levar 413 litros de bagagem. Como não tem motor na parte da frente, o XC40 oferece também um pequeno compartimento de carga para levar pequenas bagagens.

Lembrando que nos carros elétricos o motor fica nos eixos do veículo.

MERCADO

A Volvo aposta no sucesso do XC40 no mercado brasileiro. Tanto que vendeu 450 unidades desde que anunciou a chegada do modelo em maio.

A marca vai lançar outros carros elétricos até 2025, deixando metade de sua frota no Brasil com modelos cem por cento movidos a energia.

Se inscreva em nosso canal no youtube

O repórter viajou a convite da Volvo

Tags:

Continue lendo