Renault lança novo Captur no Brasil. Nós já testamos

Renault lança novo Captur no Brasil. Nós já testamos

Por Sílvio Menezes

O novo Captur chega pra sacudir com o segmento de SUVS no Brasil. O carro da Renault – que já se destacava pelo belo visual, espaço amplo e a boa altura em relação ao solo – está ainda mais interessante em sua linha 2022, que chega este mês de julho nas concessionárias.

A turma do Carro Arretado já testou o lançamento e podemos resumir: o novo Captur levou uma tapinha leve no visual, melhorou o acabamento interno e ainda ganhou um motor turbo que faz o carro andar muito bem e certamente vai deixar concorrentes comendo poeira.

Em relação a preços, o novo Captur será vendido em 3 versões – Zen, Intense e Iconic:

Zen – R$ 124.490

Intense – R$ R$ 129.490

Iconic – R$ 138.490

O novo Renault Captur mudou em vários pontos. Vamos começar falando do visual externo. Como o desenho da carroceria já era um ponto forte, o carro só teve pequenos ajustes. A mudança é discreta, mas os motoristas  mais ligados vão perceber logo. 

Visual

A grade está mais larga e ganhou detalhe cromado. O para-choque traz luz diurna. Na versão top de linha é tudo de LED.

Além de deixar o carro mais refinado, melhora muito a eficiência da iluminação. Na lateral, rodas aro aro 17. A traseira é a mesma. De diferente basicamente é o pequeno emblema que diz que o motor é turbo. 

O interior foi renovado e ganhou materiais suaves ao toque. A versão mais cara recebeu ainda a opção bíton no interior com a combinação da cor marrom, dando um toque a mais de requinte ao veículo.  Tem ainda detalhes num preto brilhante e cromados pra melhorar o ambiente.

Para facilitar ainda mais a vida a bordo, a nova central multimídia com tela de oito polegadas está mais rápida e intuitiva, com espelhamento de smartphones  e sistema com quatro câmeras que mostra tudo ao redor do carro.

A Renault se redimiu e eliminou uma das maiores críticas ao Captur. Mandou pra o espaço a antiga direção eletro-hidráulica e acrescentou a direção elétrica que deixa as manobras mais fáceis. A versão mais caprichada  traz o sistema de som Bose, uma grife quando falamos em som de qualidade.

.

Tem outros mimos como o apoio de braço que agora é integrado ao console. E, pra ninguém brigar, os passageiros do banco de trás passam a ter duas saídas USB para facilitar o carregamento de dispositivos eletrônicos. Na prática: zero briga dos meninos lá atrás na hora das viagens.

Tem sensor de ponto cego nos retrovisores, que indica a presença de motocicleta ou carro fora do campo de visão do motorista. 

Produzido no Paraná, o Captur chega em três versões de acabamento: Zen, Intense e Iconic. Todas com o motor turbo 1.3 flex que anda muito bem.

E, segundo a Renault, tem o maior torque perante os rivais. De fato o carro anda muito bem e vai dar trabalho aos adversários. No Recife, em Caruaru e Fortaleza, o grupo Regence já dispõe do carro para teste drive.

Se inscreva em nosso canal no youtube

Tags:

Continue lendo