SEGREDOS: Fiat Pulse terá apenas câmbio automático de 6 velocidades

SEGREDOS: Fiat Pulse terá apenas câmbio automático de 6 velocidades

Notícias 22/06/2021
Fiat Pulse automático

O Fiat Pulse não será vendido apenas com o inédito motor 1.0 turbo. O SUV compacto também vai oferecer o motor 1.3 Firefly de 109 cavalos do Argo.

No entanto, a dúvida era sobre as opções de câmbio e o Carro Arretado apurou que o modelo vai oferecer o mesmo automático de seis velocidades nas duas versões.

Assim, o esperado câmbio CVT deve ficar para a picape Strada no próximo ano.

A Fiat não fala nada sobre o assunto, mas outros sites levantaram essa possibilidade e o CA confirmou a informação com fontes ligadas à fábrica da marca em Betim-MG.

Leia mais: Flagra! Fiat Pulse já está em Pernambuco para bateria de testes

Inclusive, o Fiat Pulse está realizando testes com essas duas opções de motores e sempre com transmissão automática. Ou seja, também não deve oferecer câmbio manual como muitos esperavam (inclusive nós).

E faz sentido não oferecer o Pulse manual já que outros modelos que foram atualizados recentemente pelo grupo Stellantis perderam o câmbio manual, exemplos de Toro e Renegade.

Outra informação importante é que os dois motores serão oferecidos com transmissão automática de seis velocidades, ou seja, o esperado câmbio CVT não vai equipar o Pulse.

O que não é segredo

A Fiat já adiantou muita coisa sobre o Pulse. O visual não é segredo mas o carro segue realizando testes com a carroceria coberta.

O SUV será equipado com a plataforma Intelligence Adventure, esta traz recursos de interatividade e permite acionar funções diretamente do celular do proprietário.

A marca não confirmou os preços mas a estimativa é que fique entre R$ 80 mil e R$ 110mil.

O SUV derivado do Argo terá como principais concorrentes o Volkswagen Nivus, Honda WR-V e o Caoa Chery Tiggo 3.

E o tal câmbio CVT?

Essa transmissão pode equipar futuramente a nova geração da picape Strada, vendida atualmente apenas com caixa manual de cinco velocidades.

Entre os modelos renovados, a Strada é o único que ainda não tem câmbio automático, aumentando a tese de que a caixa CVT vai mesmo estrear nela.

Além disso, o momento da Strada no mercado é considerado acima do esperado já que a picape lidera o ranking nacional de veículos mais vendidos em 2021.

De janeiro a maio foram pouco mais de 51 mil unidades vendidas, superando o Chevrolet Onix que, neste mesmo período, registrou 39 mil emplacamentos.

Há de se considerar que a Chevrolet vem enfrentando dificuldades na produção do Onix por conta da falta de semicondutores.

No entanto, a Strada vem superando as expectativas e uma possível chegada da transmissão CVT ao modelo certamente aumentaria sua participação no volume de vendas da Fiat.

Essa pode ser a primeira novidade da geração atual da caminhonete apesar ter chegado recentemente.

*Mais informações em instantes

Se inscreva em nosso canal no youtube

Tags:

Continue lendo