Ford GT 2020 ganha mais potência e nova versão Liquid Carbon

Ford GT versão Liquid Carbo

O icônico Ford GT ganhou a versão 2020 e a marca norte-americana já começou a entregar alguns exemplares aos seletos compradores de vários países pelo mundo.

O destaque vai para a versão Liquid Carbo, com carroceria toda em fibra de carbono, e a potência ampliada para surreais 669 cavalos de potência.

A ideia da Ford era de produzir apenas mil unidades do GT mas a alta procura fez a marca ampliar a produção.

Agora a marca pretende chegar a 1.350 unidades produzidas e estender o prazo até 2022.

Tudo isso para atender à grande procura sem deixar de lado a exclusividade do supercarro.

O dono de um exemplar do novo Ford GT terá à disposição uma máquina equipada com motor V6 3.5 Ecoboost biturbo.

Seus avanços incluem também resfriamento dos pistões e bobinas de ignição de alta capacidade, desenvolvidos para a versão de competição GT Mk II.

A suspensão foi recalibrada no modo pista para refinar a dirigibilidade e o controle da carroceria nas curvas em alta velocidade.

Outra novidade é o escapamento de titânio Akrapovič, da renomada marca de competição, 4 kg mais leve e com ronco poderoso.

“O Ford GT continua a ser o ápice de desempenho e inovação da marca”, diz Ed Krenz, engenheiro-chefe do programa da Ford Performance.

Versão 2020

O Ford GT Liquid Carbon tem carroceria e rodas em fibra de carbono aparente, recebendo apenas um verniz especial que realça as formas esculpidas e a beleza do material de alta tecnologia.

Seus opcionais incluem porcas de rodas de titânio, cintos de competição de seis pontos, cinco versões de acabamento interno e cinco cores de pinça de freio.

Veja Mais

Conheça o sistema da Audi que conecta veículos com semáforos na Alemanha

C5 Aircross, o super SUV da Citroën que vem ao Brasil

Ducati Superleggera chega em junho com preço de R$ 700 mil

Veja os carrões que Pep Guardiola já estragou no trânsito

Tags:

Continue lendo